IMG-20160518-WA0824 (Copy)

Os agentes comunitários de Saúde e agentes de combate as Endemias, de Araguatins, aderiram nesta quarta-feira, 18, a paralisação nacional, convocada pela Confederação Nacional e a Associação Estadual da Categoria, CONACS e ATACOM respectivamente. Os agentes concentraram se nesta manhã na Praça da Prefeitura e as 10h realizaram uma carreata pelas ruas da cidade.

Cartazes com algumas frases de reivindicações e palavras de ordem contra o Governo Federal e Ministério da Saúde cobrando o reajuste salarial, repasse financeiro em dia, insalubridade, auxílio combustível, plano de carreira e a revogação da portaria 958 que restringem a presença dos acs nas equipes saúde da família.

O líder da mobilização e representante da ATACOM em Araguatins, José Hélio Silva, disse que o ato foi um sucesso e que a paralisação aconteceu simultaneamente em todos os Estados. Hélio disse ainda que o presidente estadual da ATACOM, Ronaldo Lopes, esteve em Brasília no Congresso Nacional buscando apoio da bancada parlamentar do Tocantins para articulação junto ao Ministério da Saúde afim de que as demandas da categoria sejam garantidas.

Já no início desta noite a CONACS realizou um grande debate no auditório Nereu Ramos, na Câmara Federal, com presença de representantes técnicos do Ministério da Saúde, parlamentares e representantes da categoria de todos os Estados, onde ficou acordado que o Ministério da Saúde irá apresentar até sexta-feira um parecer final dos assuntos debatidos. (Ascom)

 

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.