Maio Amarelo (2)

Policiais militares lotados na sede da Unidade estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 5, com o comandante da 4ª CIPM, major PM Valdeonne Dias da Silva com o objetivo de dar continuidade a realização do movimento denominado de “Maio Amarelo – Atenção pela Vida”. O evento foi no auditório do quartel.

Desenvolvido pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e coordenado entre o Poder Público e a Sociedade Civil, o movimento visa colocar em pauta o tema segurança viária, voltada ao trânsito.

Ação tem como propósito mobilizar toda a sociedade quanto ao debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. A PM tornou-se parceira e vem desenvolvendo por meio de palestras e programa radiofônico. Na manhã de hoje, major Valdeonne reuniu com o público interno da Unidade. Durante o mês de maio, os pelotões da 4ª CIPM também atuarão conforme a temática.

A palestra desta quinta-feira foi ministrada pelo 1º tenente PM Calistenes Marcelo Reis de Abreu, chefe da seção de Transportes e Trânsito da Unidade. Ele abordou sobre diversos assuntos, entre eles, estatísticas apresentadas pela Organização de Saúde (OMS) sobre a década de ação para a Segurança no Trânsito. Por meio desse estudo, tenente Calistenes mostrou o quantitativo de pessoas envolvidas em acidente de trânsito, ocasionando mortes e sequelas na vida dos que sobreviveram ao acidente.

Tenente Calistenes também apresentou o atual quadro dos países recordistas em mortes no trânsito, entre eles, o Brasil, que ocupa a 5ª posição. Encerrou mostrando o objetivo do Movimento Maio Amarelo: “Chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo”. (Ascom 4ª CIPM)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.