Foto 1 - Itaguatins - Divulgação (1)
Qualificação em Itaguatins

O Governo do Estado, com foco na melhoria da qualidade, no desenvolvimento do potencial das regiões turísticas e buscando atrair mais visitantes para gerar mais oportunidades de emprego e renda, iniciou nesta semana uma série atividades voltadas aos empreendedores que vão atuar na oferta de serviços durante a temporada de praia 2016. A ação é realizada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), em parceria com o Banco do Empreendedor, o Procon e o com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Sob a coordenação da Superintendência de Desenvolvimento Turístico da Seden, estão sendo ofertadas oficinas em 3 municípios do Bico do Papagaio com tradição de temporada de praia. A iniciativa pretende incentivar e qualificar os comerciantes a prestarem um serviço de boa qualidade aos veranistas.

Durante as oficinas serão ofertadas palestras sobre Linhas de Crédito e Financiamento, pelo Banco do Empreendedor, orientações sobre formação de preços e direito do consumidor, pelo Procon, além da palestra ministrada pelo Sebrae como tema “Sei Vender, Sei Atender”.

“As nossas praias constituem o elemento turístico que mais atrai visitantes ao Tocantins. Durante a temporada, em julho, chove na região Nordeste e faz frio no Sudeste do Brasil, enquanto no Tocantins, temos as condições ideias de praia. A intenção do Governo é qualificar os serviços e produtos, especialmente no que diz respeito ao atendimento ao cliente, oferecer uma praia segura e gerar mais oportunidades de negócios e renda para a população, atraindo ainda mais turistas”,  explicou o superintendente de Desenvolvimento Turístico, James Possapp.

As atividades tiveram início nessa segunda, 2,  e se estendem até a próxima sexta-feira, 6, nas cidades de Tocantinópolis, Itaguatins e  Araguatins,.

Além desta ação, em parceria com a Ruraltins e prefeituras municipais, será ofertado o curso de “Elaboração de pratos à base do pescado”, que consiste em transformar a carne de peixes em produtos mais elaborados e diferenciados, como filé de peixe, linguiça, quibe, “fishburguer”, almôndegas, entre outros. O curso será de 32 horas/aula, com 25 vagas, nos municípios de Itaguatins (de 16 a 20 de maio).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.