Paulo Márcio pode assumir pré-candidatura a prefeito na semana que vem
Paulo Márcio pode assumir pré-candidatura a prefeito na semana que vem

A próxima semana promete ser de reviravoltas na política de Itaguatins. É que o ex-chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal e ex-secretário de secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Paulo Márcio Martins Pereira de Castro, foi sondado pela direção estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB), para encabeçar uma candidatura própria a prefeito pela legenda.

Para tratar do assunto, Paulo Márcio, está com reunião agenda para a próxima segunda-feira, 30, em Palmas, com o ex-secretário de Integração Social e Defesa do Consumidor de Palmas, Tiago Andrino (PSB), que é um dos articuladores mais próximos do presidente estadual do PSB, Carlos Amastha, prefeito da capital.

Nossa equipe apurou que a reunião servirá para definir se Paulo Márcio vai ou não, aceitar disputar a Prefeitura de Itaguatins. Caso ele aceite, terá de retornar a Itaguatins e tratar do assunto com os atuais membros da direção municipal. Quem topar a empreitada deve permanecer na Comissão Provisória do PSB, quem não aceitar deve ser substituído.

Conversamos por telefone na noite desta quarta-feira, 25, com o próprio Paulo Márcio, que confirmou que estará na capital já no próximo domingo, 29. Mas não quis confirmar sobre o agendamento da reunião com Tiago Andrino. Ele ainda disse que tem refletido bastante sobre seu futuro político, mas para tomar qualquer decisão precisa conversar com sua família.

12376311_990341581002421_6109253163487680543_n

Perguntado sobre um possível rompimento com o prefeito, Régis Melo (PSD), Paulo Márcio disse que também não poderia falar sobre o assunto. Mas que na semana que vem deve tomar uma decisão.

Tentamos falar com a atual presidente municipal do PSB, de Itaguatins, a vereadora Luciane do Afonso, para que ela comentasse sobre a possibilidade da legenda lançar o nome de Paulo Márcio, mas as ligações não foram atendidas.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.