Na última sexta-feira, dia 6, uma equipe do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), recebeu a denúncia sobre caça e pesca predatória em Maurilândia. Durante fiscalização terrestre nas proximidades da margem esquerda do rio Tocantins, foi encontrado um acampamento de caçadores na Área de Preservação Permanente (APP).

O responsável pelo acampamento não foi localizado, mas durante buscas foram apreendidas uma espingarda calibre 36, com 13 cartuchos intactos e uma espingarda calibre 20, com sete cartuchos intactos. Os objetos apreendidos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.