joão salame

O prefeito de Marabá, João Salame Neto, foi afastado do cargo por 180 dias. A decisão foi do Juiz César Leandro Pinto Machado, da quarta vara cível e empresarial.

O motivo foram débitos da Prefeitura Municipal com o Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos de Marabá (Ipasemar), no valor de R$14.653,483,16 (quatorze milhões, seiscentos e cinquenta e três mil, quatrocentos e oitenta e três reais e dezesseis centavos).

Também foram afastados dos cargos a secretária municipal de Assistência Social, Adnancy Rosa de Miranda; o secretário municipal de Saúde, Nagib Mutran Neto; o secretário municipal de Educação, Pedro Ribeiro de Souza e o secretário municipal de Finanças, Pedro Rodrigues Lima.

Aliados de João Salame afirmou ao Portal CarajasWeb, que João Salame vai recorrer da decisão.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.