IMG-20160521-WA0727

Já se vão 17 meses de promessas, Ordens de Serviços assinadas que nunca se concretizam e muita, muita enrolação. Esta é a maneira que o governador, Marcelo Miranda (PMDB), vem tratando os municípios e a população do Bico do Papagaio, que sofre com as condições de intrafegabilidade das rodovias estaduais na região.

Mesmo vindo pessoalmente ao Bico do Papagaio no dia 16 de abril, para assinar a terceira Ordem de Serviço, apenas neste mandato, os obras não saem do papel. Cansados de esperar e assistindo seus municípios ficarem praticamente sitiados, os prefeitos de Praia Norte, Jader Pinheiro e de Sampaio, Luiz Anacleto, resolveram agir por conta própria para amenizar a situação.

IMG-20160522-WA0351

As Prefeituras de Praia Norte e Sampaio uniram forças e estão realizando um trabalho conjunto em trechos das TO’s 403 e 404 que dão acesso as cidades. Todo o serviço está sendo feito com recursos próprios do Tesouro Municipal, com zero de ajuda e apoio do Governo do Estado. As medidas são apenas paliativas, onde o que sobrou dos trechos de asfalto e que foram tomados pelos buracos, estão sendo colocado cascalho para diminuir as dificuldades dos motoristas.

IMG-20160522-WA0352

No dia 16 de abril, Marcelo Miranda e o secretário de Estado da Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Sérgio Leão, prometeram que as obras seriam iniciadas imediatamente, com uma intervenção emergencial nos trechos mais críticos, para garantir a segurança e a trafegabilidade e logo depois a empresa daria início aos trabalhos de reconstrução do asfalto. Ao todos eles prometeram recuperar imediatamente 18 trechos rodoviários totalizam 378,43 km de extensão e já tinham em conta recursos na ordem de R$ 88.335.581,85, exclusivo para as rodovias do Bico do Papagaio. O dinheiro seria procedente de empréstimo firmado entre o Governo do Tocantins e o Banco Mundial (Bird).

IMG-20160522-WA0354

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.