13221594_1139456832742392_1398613466269532859_n

Os principais líderes estaduais do PMDB se reuniram na manhã desta segunda-feira, 23, na sede do partido em Palmas, para discutir a atual composição política, com Michel Temer (PMDB) na presidência. As principais ausências foram da senadora Kátia Abreu e do deputado estadual Rocha Miranda. Nos bastidores, líderes peemedebistas comentam que a ausência do deputado araguatinense teria haver com a senadora Kátia Abreu.

Conversamos com a assessoria de Rocha Miranda que informou que o parlamentar araguatinense não teria participado devido estar na estrada e não ter chegado a tempo. Já Kátia Abreu utilizou a desculpa de estar doente. O certo é que estando na estrada ou doente, Rocha e Kátia não compareceram.

O presidente estadual do partido, Derval de Paiva, disse que no encontro foi discutido a aliança com o PT e a possibilidade de candidatura própria em Palmas.

O presidente do partido disse que após a resolução nacional do PT, proibindo composições com grupos que apoiaram o impeachment, o diretório do Tocantins (que foi um dos primeiros a apoiar a saída de Dilma), aguarda uma posição da direção estadual petista. Após o afastamento de Dilma, mas antes da resolução nacional do PT, o diretório regional havia decidido permanecer aliado ao PMDB no Tocantins.

O evento contou ainda com a participação de diversos peemedebistas como o governador Marcelo Miranda; das deputadas federais Dulce Miranda e Josi Nunes; dos deputado estaduais Nilton Franco e Valdemar Júnior; do presidente da Câmara de Palmas, Rogério Freitas, dentre outros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.