Estão reabertas as inscrições para o processo seletivo do curso de pós-graduação em EaD de Educação, Pobreza e Desigualdade Social. As inscrições, que antes encerravam no dia 21 de maio, agora vão até o dia 6 de junho. A prorrogação foi publicada por meio do edital nº04/2016.

Ao todo, são 400 vagas, sendo: 50 para Tocantinópolis, 100 para Miracema, 50 para Arraias, 100 para Palmas e 100 para Araguaína. O objetivo do curso é formar, em nível de especialização, na temática da Educação, Pobreza e Desigualdade Social, profissionais da educação básica e outros envolvidos com políticas sociais que estabelecem relações com a educação em contextos empobrecidos. No edital de seleção podem ser conferidas as regras de participação e demais exigências do processo seletivo.

O Curso de pós-graduação Latu Sensu em Educação, Pobreza e Desigualdade Social será realizado na modalidade Educação a Distância (EaD), mediado por tecnologias digitais, com encontros presenciais obrigatórios para a realização de avaliações e exame final. O curso terá uma carga horária de 360 horas distribuídas em 18 meses de estudo, composto por: atividades à distância, atividades presenciais nos polos (frequência obrigatória) e Elaboração de Trabalho de Conclusão e Curso – TCC.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.