IMG-20150630-WA0339
Imagem de Castro durante o assalto sendo usado como escudo

O ex-secretário executivo da Secretaria de Defesa e Proteção Social (SEDEPS), Gilmar Alves Castro, que atualmente é chefe de gabinete do prefeito de Luzinópolis, estava entre os reféns do grupo de assaltou na tarde desta terça-feira, 30 a agência do Banco do Brasil, em Ananás.

Castro contou a nossa reportagem, que havia entrado na agência para fazer um depósito e junto com os outros clientes foi surpreendido pelo grupo. “Havia acabado de entrar, daí eles chegaram, deram uns tiros pra cima, mandaram todo mundo se deitar e escolheram acho que uns dez clientes para usar como escudo e fui um dos escolhidos”, disse.

O ex-secretário contou ainda que a frieza e naturalidade dos homens, durante a ação, foi o que mais lhe chamou atenção. “A todo tempo eles diziam que eram profissionais e que só haveriam feridos se a polícia reagisse”, contou.

Castro e os outros reféns foram levados pelos assaltantes pela estrada que dá acesso ao povoado Santa Izabel e acabaram sendo liberados durante o percurso. “Eles ainda atearam fogo em um veículo, sobre uma ponte para impedir a passagem da polícia e sumiram”, afirmou.

Outra testemunha que não quis se identificar, afirmou a nossa reportagem que ouviu um dos bandidos dizendo que haviam embarcações aguardando o grupo nas margens do Araguaia.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.