Araguatins vai sediar, de 29 de junho a 3 de julho, a próxima etapa de eventos programados pelo Programa Interlegis no Tocantins. Na segunda-feira, o Encontro Interlegis, que promove ações de modernização do Legislativo, haverá palestras sobre reforma política, comunicação e transparência. Quem abre este ciclo é o senador Vicentinho Alves (PR) que, como primeiro secretário, é o presidente do Conselho Nacional do Programa Interlegis.

Na sequência do Encontro, que acontecerá na Câmara da cidade, durante toda a semana, haverá duas oficinas de treinamento para a adoção de produtos tecnológicos que são oferecidos sem qualquer custo para as casas legislativas. Estes treinamentos vão ser realizados no Laboratório de Pesquisas do Instituto Federal de Tocantins.

Depois de abrir o evento, o senador Vicentinho Alves passará a palavra para o consultor do Senado João Trindade, que vai falar sobre O Voto Distrital e o Financiamento de Campanha. Ester Monteiro, diretora de Jornalismo do Senado, abordará o tema “Comunicação Integrada no Legislativo”. E, por fim, Juliana Soares, da Coordenação  de Formação e Atendimento à Comunidade do Interlegis, vai falar sobre a Solução Web Interlegis, o pacote de ações que é oferecido às Câmaras para que elas tenham o seu portal na internet

A partir da tarde do dia 29 até o dia 1º, os servidores da Câmara de Araguatins e cidades vizinhas terão a oportunidade de participar da oficina de Portal Modelo, o sistema de gerenciamento de conteúdos na internet. O Portal é uma ferramenta desenvolvida pelos técnicos do Programa, em software livre, que possibilita às Câmaras terem a sua página na internet. Tanto o Portal quando sua hospedagem (que pode ser feita no datacenterdo Interlegis) são gratuitos. Ao final do treinamento, que não requer conhecimentos aprofundados de informática, as Câmaras já estarão com o site no ar, adotando ainda o domínio .leg, que identifica o Legislativo na internet.

Nos dias 2 e 3 de julho, o treinamento será para que os servidores aprendam a implantar e utilizar o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), que informatiza todo o processo legislativo de uma Câmara, desde a inserção de dados sobre tramitação de propostas, composição da Mesa Diretora e das comissões até a organização e acompanhamento das sessões plenárias. Com o uso destas duas ferramentas, as casas legislativas estão aptas a cumprir as exigências da legislação de transparência e acesso à informação.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.