Para garantir o acesso às políticas públicas na zona rural, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DRE-TO) vai conhecer de perto a situação da comunidade quilombola Ilha de São Vicente, em Araguatins, nesta terça-feira, 9. A agenda faz parte dos trabalhos do projeto Defensoria Quilombola.

As demandas coletivas serão identificadas pela equipe multidisciplinar da Instituição, formada por Defensores Públicos e Servidores da área jurídica, assistência social e administrativa. O projeto Defensoria Quilombola, que funciona desde 2012, é uma ação específica do Núcleo de Ações Coletivas e Núcleo da Defensoria Pública Agrária.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.