Reunião Barragem

A Câmara Municipal e Prefeitura realizam neste sábado, 20, no auditório da Câmara, reunião com os prefeitos, vereadores e entidades sociais para debater questões sobre os impactos de construção da Hidroelétrica de Marabá.

A obra vai atingir os municípios de paraenses de Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Marabá, Palestina do Pará, São João do Araguaia. Os tocantinenses, Ananás, Araguatins, Esperantina e São Sebastião, além do maranhense, São Pedro da Água Branca.

Na manhã desta sexta-feira, 19, os vereadores Jairo Ribeiro (PV), Leocy Mota (PMDB), Abraão Lima (PP), Irmão Azevedo (PSC) e Rômulo Ferreira (PSB), junto com o prefeito Lindomar Madalena (PSB), receberam um dos coordenadores da comissão dos municípios impactados, Anderson, para tratar da programação.

Já estão confirmadas as presenças dos prefeitos de Marabá, São Domingos, Brejo Grande, Palestina, São Sebastião, Esperantina e São Pedro da Água Branca.

O presidente da Câmara Municipal, Jairo Ribeiro, disse que o município de Araguatins dá o primeiro passo para se preparar para os debates que ocorrerão durante o processo de construção da hidroelétrica, sob responsabilidade da Construções e Comércio Camargo Corrêa S/A e Eletrobras Eletronorte.

“O fato da construção da obra é consolidada, temos que nos unir para tentar diminuir os impactos negativos de tudo isso. Araguatins por exemplo, perderá seu principal atrativo turístico e isso é um caso sério. Temos que buscar compensações e vamos trabalhar para que isso aconteça. Esta reunião de sábado será o primeiro passo e a Câmara em parceria com a Prefeitura já começaram a cuidar disso”, comento o presidente da Câmara.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.