Os evangélicos de Araguatins começaram a mobilizar neste final de semana e intensificaram nesta segunda-feira, 8, ações para tentar derrubar o item que trata sobre a diversidade de gênero no Plano Municipal de Educação (PME). O projeto elaborado pela Conferência Municipal de Educação está sendo discutido na Câmara Municipal.

No final de semana o Conselho de Ministros Evangélicos de Araguatins (COMEA), entidade que representa os líderes religiosos do município, decidiram articular e mobilizar os fiéis para cobrarem dos parlamentares araguatinenses o veto. Os evangélicos devem lotar a Câmara na sessão desta segunda-feira, que começas às 19h.

Os líderes evangélicos temem que com a aprovação do atual texto do PME, abra a possibilidade para dentre outras coisas, a implantação do “Kit Gay” e temas relacionados, além de implantar a retirada o tratamento meninos ou meninas, passando para apenas crianças. Só quando fossem mais velhas, as crianças definiriam o gênero, ou sexo que escolheram, podendo assim ser definidas.

Os vereadores por sua vez, receberam durante toda a manhã, diversos pastores e líderes evangélicos, para debater o assunto. O presidente da Câmara, Jairo Ribeiro (PV), disse que pediu um parecer jurídico sobre o assunto, mas que vai também debater com a comunidade evangélica o tema. Tentamos contato com um dos representantes evangélicos na Câmara, o vereador Sérgio do Chagas (PMDB) que não quis atender as ligações para comentar sobre o assunto e manifestar sua posição.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.