Os corpos dos três trabalhadores que morreram em um acidente nos canteiros de obras da Usina Belo Monte, no sudoeste paraense, foram enterrados. Dentre eles estava o ajudante de produção, José da Conceição Ferreira da Silva, de 39 anos, que foi sepultado na última segunda-feira (1º), na cidade Santo Antônio dos Lopes, no interior do Maranhão.

O acidente ocorreu na madrugada do último sábado (30), quando um dos silos que armazenava mil toneladas de cimento desabou  durante um operação de descarga de caminhões. Outros três funcionários ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital Municipal de Altamira, onde receberam atendimento médico. Dois deles tiveram alta e o terceiro foi transferido para uma unidade de atendimento médico dentro da vila do projeto Belo Monte, pois teve ferimentos no ombro.

O corpo do operário Pedro Henrique dos Santos da, de 20 anos, também foi enterrado na última segunda-feira, em Tucuruí, sudeste paraense. Ele era o mais novo de quatro irmãos e a sua morte deixou a família muito abalada. O corpo do terceiro trabalhador também já foi sepultado. Denivaldo Soares Aguiar foi enterrado no estado de Tocantins.

O Consórcio Responsável pela obra informou que está colaborando com a polícia na apuração do caso e que prestou apoio nos funerais dos três operários. O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público do Trabalho e Emprego (MTE)  fizeram vistorias nos canteiros de obras da usina na última segunda-feira (1º), para investigar o que pode ter provocado o acidente.

Inspeção

Procuradores do Ministério Público Federal (MPF) iniciaram nesta segunda-feira (1) uma inspeção às áreas afetadas pela Usina Hidrelétrica Belo Monte, construída no município de Vitória do Xingu, no sudoeste do Pará. O objetivo é verificar a situação das comunidades atingidas pela construção da usina.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.