No início da noite desta quinta-feira, 4, o presidente da Câmara Municipal de Esperantina, vereador José Cássio Santos Costa (PSB) fez contato com o webjornal Folha do Bico para rebater as declarações do presidente estadual do PT, Júlio César Brasil. Cássio falou também em nome dos vereadores Marquim (PROS), Lorin (PV), Domingos (PV) e Gilberto (PV).

“Quem ajudou a fazer o angu, vai ter que ajudar a comer”, disse José Cássio, que fez questão de afirmar que o PT sabia e participou diretamente das irregularidades cometidas na Prefeitura de Esperantina e denunciadas pelo Ministério Público Estadual, esta semana.

“Esse pessoal é engraçado. Eles assumem a Prefeitura, ocupam as principais secretárias, montam um esquema e agora querem pintar uma de santos. Será que essa turma esqueceu que até poucos dias atrás, eles ocupavam as secretárias de Administração, Educação, Saúde, Agricultura e a Chefia de Gabinete do prefeito? E que só deixaram o Governo Municipal, após eu denunciar um esquema de desvio de combustível!”, contou o parlamentar.

Cássio disse ainda que as fraudes cometidas pelo prefeito Bina e pelo PT, não se restringem apenas as denúncias feitas pelo MPE. “Na CPI vamos apurar tudo. Esse povo saqueou o município. Eles não são santos e vão ter todos os atos apurados. Mais grave que as denúncias do MPE, são os problemas apontados no relatório do Tribunal de Contas, que já temos em mãos. Ai sim vocês verão o que é mal feito e dano ao erário público. Esse pessoal do PT se fosse gente séria, teria até vergonha de morar em Esperantina depois de tudo que fizeram”, completou.

“Vamos criar a CPI e apurar todo o mau que esse povo cometeu. O Bina fez tudo, mas não fez só. O Júlio César Brasil antes de sair falando tanta besteira, deveria procurar conhecer a realidade e as atrocidades que os companheiros dele fizeram aqui. Afinal essa turma é inteira do PT, é a mesma que quebrou o Brasil e agora quebraram Esperantina”, encerrou o presidente.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.