Previsto para ser anunciado na segunda-feira, 8, durante evento do PSD, em Palmas, como novo superintendente da Agricultura no Tocantins, o ex-deputado estadual Manoel Queiroz, terá que esperar pouco mais. É que o Governo Federal ainda não concluiu as consultas a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) para que cheque os currículos de indicados por partidos da base aliada para cargos.

A triagem feita pela agência é uma pré­condição estabelecida pelo governo para que sejam liberadas as nomeações.

Os agentes da ABIN fazem um raio X dos indicados, apurando se eles têm, por exemplo, condenações ou dívidas. O repasse de informações é meramente informativo, cabendo ao governo a decisão de vetar os candidatos a partir dos dados fornecidos pela ABIN.

Nossa equipe apurou que o nome de Queiroz já teria sido aprovado pela ABIN, mas que ainda restaria a finalização da consulta de outras indicações para a liberação.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.