Motoristas e cobradores de duas empresas de ônibus coletivo que operam em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, entraram em greve, por tempo indeterminado, na manhã desta quarta-feira (10). Cerca de 100 ônibus e 250 funcionários paralisaram as atividades para reivindicar reajuste de 20% nos salários e melhores condições de trabalho.

Segundo o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Imperatriz (STRI), Oliveira da Silva, a decisão foi tomara em uma assembleia geral extraordinária realizada na sexta-feira (5). Ele diz que a entidade está aberta a negociação.

Na manhã desta quarta-feira, a assessoria da empresa de transporte Viação Branca do Leste (VBL), que possui 75% da concessão em Imperatriz, disse que ofereceu 7% de aumento à categoria. Não há previsão para uma nova assembleia e, caso o aumento proposto não seja aceito, a empresa deve acionar a Justiça para obrigar a categoria a voltar a trabalhar. A empressa Aparecida, que possui 25% da concessão no município, ainda não se pronunciou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.