José Henrique Santos Machado foi morto há um ano, no povoado, Jardineira, que fica há 19 quilômetros da sede do município. À época o corpo foi encontrado por um mototaxista.

As suspeitas recaem sobre a mulher do fazendeiro assassinado, que está presa na delegacia da cidade. Maria de Lourdes Gomes Lima é suspeita também da morte do cunhado de José Henrique, Adão Pereira.

Segundo as investigações, Maria de Lourdes Gomes teria interesse na herança do marido, a motivação da morte de Adão Pereira ainda está sendo investigada, mas ele era uma das principais testemunhas do inquérito, sobre o assassinato do fazendeiro.

Na quarta-feira (10) Adão Pereira (58) sofreu uma tentativa de assassinato quando trabalhava na construção da casa, onde iria morar com a família, ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), onde faleceu no sábado (13).

O homem que teria atirado contra Adão Pereira fugiu em uma moto, segundo a polícia há a suspeita de que se trate do mesmo autor da execução de José Henrique.

Nessa terça-feira (16) a polícia pediu a prisão preventiva da Maria de Lourdes, porque há indícios que a apontam como mandante desse crime. O caso chocou a população de Amarante, onde Adão Pereira era bastante conhecido.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.