Oficina de acolhimento PROVAB - LucianaBarros

O Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB) prevê a atuação de profissionais da saúde em diversos estados. E com intuito de acolher e informar os médicos do Provab que atuam no Bico do Papagaio, a Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) realizou nesta quarta-feira, 17, uma oficina de acolhimento, na Universidade Federal do Tocantins (UFT). Atualmente, o Bico do Papagaio conta com médicos atuando nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos municípios de Esperantina, Angico e Axixá do Tocantins.

O programa existe há três anos e inicialmente os profissionais eram selecionados e enviados diretamente para os municípios. Com o edital deste ano, o programa de provisão unificou o PROVAB e o Programa Mais Médicos.

Para a diretora de Atenção Primária da SESAU, Marudiney Rodrigues, a oficina disponibiliza aos profissionais as informações sobre Atenção Básica e mostra o cenário no qual estão inseridos. “Pensamos em fazer um momento informativo, falar um pouco do que é o programa aos médicos que entraram no PROVAB este ano, mostrar os indicadores de saúde da Atenção Básica, o planejamento estratégico para o território que eles atuam e falar do apoio da SESAU às equipes de Estratégia de Saúde da Família, das quais fazem parte. Ou seja, que os profissionais voltem para seus municípios com algum produto para utilizá-lo na prática”, explicou.

De acordo com o médico Tibério Azevedo Neto, que atua há três meses no município de Angico, a oficina é um espaço para conhecer o programa e as informações com relação a Atenção Básica serão aplicadas no cotidiano.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.