A polícia identificou nesta segunda-feira (15) o trabalhador rural morto durante um conflito na fazenda Petrópolis, na zona rural de Tucuruí, no sudeste do estado. José Osvaldo Rodrigues de Sousa, 49 anos, teria sido morto com várias coronhadas na cabeça na madrugada de domingo (14). O crime ocorreu após quatro dias de conflito entre colonos e supostos seguranças de uma fazenda. Várias casas foram destruídas. O caso será investigado pela Delegacia de Conflitos Agrários (Deca). Ninguém foi preso.

O corpo permanece no Instituto Médico Legal (IML) da cidade aguardando a chegada de familiares. No domingo (14), a polícia civil esteve no local, mas não encontrou nenhum suspeito. O ouvidor agrário regional do Incra está em Tucuruí acompanhando o caso e afirma que irá acionar o Ministério Público, e que toda situação da fazenda Petrópolis será repassada ao ouvidor agrário nacional do Incra em uma reunião que deverá acontecer na terça (16), em Belém.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.