Um policial militar aposentado atirou no próprio filho após uma discussão em Paraíso do Tocantin, a 66 km de Palmas. Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu na casa do tenente João Lima de Negreiros, 60 anos. O filho dele, Ruves Pires de Negreiros, 33, teria chegado em casa transtornado e exigido uma quantia de R$ 100. Ele é usuário de drogas, conforme informou a PM.

Os dois discutiram e o pai atirou contra o filho. “Não é possível saber se o filho o agrediu fisicamente, o que se sabe é que houve agressão verbal. Uma funcionária da casa contou que Ruves exigiu R$ 100 e o pai disse que só podia dar R$ 20”, informou a polícia.

A PM disse que não é possível dizer quantos tiros acertaram Ruves, mas que foram encontradas sete cápsulas dentro da casa do militar. A vítima foi levada para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins, onde passa por cirurgia.

O policial se apresentou à delegacia do município acompanhado de uma advogada, momentos após o acontecido. A arma, de propriedade particular, foi apreendida. Após ser ouvido, Negreiros foi liberado. A PM disse que Ruves é usuário de drogas há anos e que já foi esfaqueado por causa do envolvimento com o crime.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.