O Governo do Estado, em parceria com a Federação das Indústrias do Tocantins (Fieto) e a Infraero, apresentaram nesta terça-feira, 9, o projeto de reestruturação para a implantação do Terminal de Logística de Cargas (Teca) do Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues, em Palmas. A solenidade acontecerá durante o seminário  “Novas Fronteiras para o Tocantins – Desenvolvimento do Comércio Internacional”, que será realizado no Palácio Araguaia, a partir das 8 horas.

O terminal  é composto por uma construção modular, totalizando 1,2 mil m² de área construída, com área de armazenamento de 500 m², com possibilidade de ampliação, conforme a demanda local. O armazém do complexo terá ainda sala de atendimento ao cliente e espaços administrativos, guarita de segurança e três docas para o embarque e desembarque de cargas, equipados com elevadores, além de estacionamento próprio para veículos leves e caminhões frigoríficos. Para a construção da plataforma, foram investidos R$ 3,84 milhões na obra. O evento deve contar ainda com a presença de empresários, representantes da Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Associação Brasileira de Logística (Abralog).

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Eudoro Pedroza, avaliou que o Terminal de Cargas representa para o Tocantins a concretização de mais um instrumento na melhoria de logísticas, que fortalecerá a indústria, o  comércio, a agricultura e a economia. “Vai otimizar o processo de operações de comércio exterior dentro do próprio Estado, sem a necessidade de passar pelos trâmites de nacionalização em outras unidades federativas”, explicou.

Ainda na avaliação do gestor, o empreendimento vai favorecer a pequenas, médias e grandes empresas, para que busquem novos patamares de negócios. “As cargas que chegarem ao aeroporto de Palmas podem ser nacionalizadas e rapidamente deslocadas para os estados da região, assim como as exportações também poderão ser expedidas através do Teca para qualquer parte do mundo”, finalizou Eudoro Pedroza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.