IMG-20150619-WA0020

Na manhã desta sexta-feira, 19, a Polícia Militar e Civil de efetuaram as prisões de três pessoas pelo crime de estelionato, quando eles aplicavam golpes em agências bancárias de Tocantinópolis.

A PM foi informada via celular funcional, por um popular, que duas pessoas suspeitas de darem golpes em aposentados estavam dentro da agência do Banco do Brasil. A partir daí a equipe de inteligência da PM começou a monitorar os suspeitos que na verdade se tratavam de três pessoas.

Depois de alguns minutos os três autores deixaram essa agência e se dirigiram a agência da Caixa Econômica Federal. Nesse momento a Polícia Militar acionou a Polícia Civil que imediatamente se deslocou ao local, chegando lá agentes civis e da Inteligência da Polícia Militar se infiltraram dentro do estabelecimento para pegaram os suspeitos em flagrantes. Pouco depois os três homens saíram da instituição financeira e ao chegarem em veículo Voyage, placa OWG-6838, em nome de Antônia Raquel Bressa de Lima, foram surpreendidos pelas guarnições ordinária da Polícia Militar que já estavam no entorno da agência bancária esperando o momento apropriado.

Após abordagem minuciosa, foram encontrados com os autores Francisco Chagas de Araújo, 41 anos, Renato Freire de Lima, 30 anos e Leandro dos Santos Chaves, 21 anos, R$ 3.109,00 (três mil, cento e nove reais) em espécie, 05 aparelhos celulares, 01 cartão de memória micro sd, 02 blocos pequenos de notas promissórias em branco, 02 chips de telefones celulares, 06 pen-drives, 30 cartões bancárias em nome de diversas pessoas e de vários agências bancárias.

De posse dessas informações, os acusados foram encaminhado à Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Tocantinópolis, para serem a apresentados a autoridade policial, onde confessaram o crime e receberam voz de prisão. Francisco e Renato confessaram ainda que têm várias passagens pela polícia por crimes cometido em cidades dos do Maranhão e Ceará. O dinheiro, o veículo e os demais objetos apreendidos foram exibidos e apresentados na delegacia, onde se encontram a disposição da justiça.

Ainda na delegacia, apareceu a primeira vítima do bando, Carlos Luciano Pereira Barbosa reconheceu os autores, onde minutos atrás estando no interior da Caixa Econômica Federal teve seu cartão trocado pelo grupo quando teria recebido ajuda deles para realizar uma movimentação financeira. Outras pessoas da cidade possivelmente podem terem sido vítima do grupo. (ASCOM 5ª CIPM)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.