IMG-20160531-WA0211

Assim como o Brasil, Araguatins deixou de ser rural e passou a ser em sua predominância urbana. Com cerca de 65% de sua população vivendo dentro da sede do município e sem o devido planejamento, a situação trouxe problemas para a qualidade de vida da geração atual e compromete a sustentabilidade no futuro.

Buscando discutir saídas para essas dificuldades, foi realizada nesta terça-feira, 31, a 6ª Conferência Municipal das Cidades, promovida pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretária Municipal de Assistência Social e Habitação. O evento aconteceu na Câmara Municipal.

IMG-20160531-WA0214

Tendo como tema: A Função Social da Cidade e da Propriedade e o lema: Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas, o evento propôs o diálogo entre o poder público e os diversos segmentos da sociedade sobre assuntos relacionados à política e ao desenvolvimento urbano, mencionando possíveis melhorias através de ações a serem efetivadas nas três esferas de governo: Municipal, Estadual e Federal.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social e Habitação, Andrea Gonzalez Graciano, a Prefeitura Municipal tem procurado ações de gestão que tragam sustentabilidade de maneira que o desenvolvimento e o crescente aumento populacional de Araguatins não deprecie a qualidade de vida.

No evento, foram elaborados proposta voltados para as questões como, habitação, regularização fundiária, mobilidade e acessibilidade, além da gestão urbana, controle social e saneamento básico.

IMG-20160531-WA0215

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.