railda gomes

A cantora, Railda Gomes, nascida em Araguatins, vem de uma família cristã evangélica, membra da Igreja Assembleia de Deus, Ministério CIADSETA, pastoreada pelo pastor José de Ribamar Carvalh, nasceu em berço cristão, desde então, tem permanecido firme, servindo ao Senhor, casada com Marcos Rosal Guimarães e mãe de dois filhos Nicolly e Nicollas.

Começou a louvar entre 8 e 9 anos de idade, onde desde então vem se dedicando ao ministério e tem contemplado o chamado de Deus para sua vida.

Durante muito tempo, foi questionada por amigos e pessoas que a viam louvar, por qual motivo ela ainda não tinha gravado um CD, a partir dai compreendeu que este era um dos sonhos de Deus para sua vida e que posteriormente se tornou um sonho para si, sempre crendo que não há nada melhor que viver debaixo da vontade de Deus, deste então iniciou sua caminhada em busca da realização do projeto.

Tempo de colheita será o tema escolhido para intitular seu trabalho, pois segundo a cantora, “árdua é a caminhada”, e só sabe qual seu peso quem já passou por ela, e que para chegar até aqui, teve que plantar bons frutos.

Hoje entende que chegou o tempo de colher o que plantou pra si, e que essa é a hora de semear na vida de outras pessoas que também estão nessa mesma caminhada.

O CD é composto por 11 faixas inéditas, todas preparadas com muito carinho e dedicação, para que através de seus louvores, Deus faça com que muitos corações sejam quebrantados e o aceitem como único senhor de suas vidas.

Acreditando que alguns cantores, não todos é claro, tenham tornado o ministério de louvor como profissão, esquecendo-se do verdadeiro chamado, que é o de resgatar vidas, pregando através do louvor o amor verdadeiro e incondicional de Jesus.

A cantora convida a todos para o grande lançamento de seu 1º CD, neste sábado, dia 04 de junho, a partir das 19h30, no grande Templo da Igreja Assembleia de Deus CIADSETA, localizado na Rua 11, S/N, próximo ao Colégio Estadual Denise Gomide Amui. (Ascom)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.