1

Preocupados com a ordem, segurança e a boa logística durante a temporada de praia que se inicia oficialmente no primeiro final de semana de julho, dia 3, em Araguatins, diversos órgãos do Estado e município estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 23, no auditório da Prefeitura Municipal para tratar do assunto.

O encontro contou com a presença da Policia Militar (PM), representada pelo comandante da 4ª CIPM, major Valdeonne Dias da Silva, Corpo de Bombeiros, Procon, representantes dos barqueiros e barraqueiros. Os órgãos envolvidos foram recepcionados pela secretária de turismo e meio ambiente do município, Luana de Sousa César Gama e do engenheiro contratado pela Prefeitura, Durvalino Xavier Castello.

Diversas questões relacionadas às melhorias durante o período de veraneio foram levantadas, entre elas, a segurança pública realizada pela PM e Corpo de Bombeiros, quanto à segurança dos banhistas dentro das áreas permitidas, instalações elétricas e os cuidados que os barraqueiros terão em suas barracas, a fim de evitar incêndios.

2

Dentre as medidas discutidas e adotadas quanto à segurança, os barqueiros foram orientados a cumprirem o definido em lei, quanto ao uso de coletes salva-vidas e o sistema de iluminação nas embarcações. Já o Procon, órgão do consumidor, reforçou quanto às exigências legais no que se referem aos valores abusivos cobrados pelos barraqueiros e os preços dos produtos visíveis ao consumidor.

Diversos outros assuntos foram abordados, a fim de que o período de veraneio que atrai turistas de diversas localidades possa acontecer de forma pacífica por meios dos órgãos envolvidos em consonância com a sociedade e com aqueles que estarão prestando serviço remunerado.

Os órgãos públicos presentes na reunião, afirmaram que estarão atuando e aplicando as medidas necessárias àqueles que não cumprirem as exigências legais. (Ascom 4ª CIPM)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.