Sem títuloÔnibus que serviam como consultórios móveis estão parados há cinco anos, no município de Marabá, sudeste do estado. As unidades deveriam atender moradores da zona rural da cidade. No entanto a população tem feito filas durante a madrugada para conseguir atendimento nos postos de saúde.

O vendedor Fabio Souza chegou às 3h30 na frente do posto de saúde para conseguir uma ficha de atendimento pra fazer atendimento odontológico. “Muita falta de respeito, são seis fichas, não tem como. Arriscando a vida de lá para cá, no rumo da ‘transmangueira’, com risco até de ser assaltado”, reclama.

No pátio da Secretaria Municipal de Saúde, três unidades móveis estão paradas. Os ônibus são adaptados, dentro deles há consultórios médicos e odontológicos, que foram comprados pela prefeitura em 2006 por cerca de R$ 120 mil.

Os móveis e equipamento estão se deteriorando pela falta de uso. Para o secretário de saúde, José Geraldo recuperar os veículos não compensa. “O custo seria muito grande e para poder trabalhar na nossa zona rural que é muito grande, tem que ter um veículo que tenha condições”, afirma.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.