Foi deflagrada nesta terça-feira, 14, pela Polícia Federal (PF) a “Operação Tiradentes” no Tocantins e em mais cinco estados além do Distrito Federal. No Estado, a operação cumpriu mandados de busca e apreensão em Araguaína, Norte do Tocantins.

A operação tem o objetivo de apurar fraudes no Conselho Federal de Odontologia que podem ultrapassar o valor de R$ 35 milhões. Conforme a PF, existem fortes indícios de que conselheiros e funcionários desviavam recursos públicos da entidade. Além disso, eles pediam resssarcimento de despesas inexistentes, como exemplo foi citado o pagamento indevido de diárias e contratação irregular de serviços.

A ação é conjunta com Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU). Hoje estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão em Niterói (RJ) e São Gonçalo (RJ); Manaus; Campo Grande (MS), Araguaína (TO), São Paulo e em Brasília. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. (Com informações do O Globo)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.