CreateThumbnail

O Estádio Municipal Henrique Vita, do município de Santana do Araguaia, recebeu milhares de pessoas na noite desta quarta-feira, 1º, para a abertura dos Jogos Estudantis do Pará (JEP). O município sediará uma das etapas regionais – da qual participarão atletas de Santana do Araguaia e das cidades de Ourilândia, Piçarra e Xinguara – que encerrará no sábado, 4. A abertura contou com várias apresentações culturais que animaram o público.

O evento é promovido pela Secretaria de Estado de Educação por meio do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) e em parceria com as prefeituras locais, movimentando mais de 50 municípios do interior do estado e da região metropolitana de Belém. Os Jogos Estudantis têm por finalidade proporcionar uma educação integral, desenvolver o intercâmbio social desportivo entre os estudantes, fomentar as boas relações entre os professores e alunos e estimular a prática desportiva como instrumento imprescindível à superação do indivíduo.

O atleta Thayron Araújo, do município de Ourilândia, é estudante da Escola Estadual Ronildo Veloso Silva. Confiante, ele acredita que vai conseguir uma vaga na fase estadual. “Viemos buscar a vitória e queremos ir para a fase estadual. Treinamos muito pra isso, passamos pela seletiva municipal e acredito que estamos preparados para alcançar essa vitória”, afirma.

Assim como Thayron, o atleta de futsal Welidson da Silva, da Escola Municipal Tancredo Almeida Neves, também está confiante no desempenho de sua equipe. “Nosso grupo é forte, viemos dipostos a vencer e conquistar uma vaga na fase nacional, que será em Belém. Estamos muito felizes de estar aqui e compartilhar desse evento.”

As regionais ocorrem após as seletivas municipais. Além da regional de Santana do Araguaia, serão realizadas as etapas dos municípios de Curuça, Maracanã, Augusto Corrêa, Abaetetuba, Parauapebas, Marabá, Rondon do Pará e Portel. Os jogos contribuem para a formação da personalidade, revela novos valores no cenário desportivo educacional e contam com a participação de estabelecimentos de ensino das redes federal, estadual, municipal e particular do Pará.

“Percebemos que muitos jovens e adolescentes de Santana do Araguaia estavam começando a se envolver com a criminalidade, então resolvemos tomar algumas iniciativas para afastá-los da zona de risco. Uma delas foi investir no esporte, e elegemos os JEP como uma de nossas prioridades. Sabemos que a competição é uma vitrine, além de uma oportunidade de socialização e interação social”, destacou o secretário de Educação de Santana do Araguaia, Adenilton da Silva.

Segundo o prefeito do município, Eduardo Machado, a realização dos Jogos Estudantis é um incentivo à prática esportiva e ao desenvolvimento da educação. “Quero agradecer ao governo e à Seduc pelo apoio que nos foi dado para a realização deste evento, pois saberíamos não seria fácil sediar a competição devido à crise que todo o país atravessa neste momento. Mas estamos conseguindo realizar uma excelente programação e, com isso, ajudando a fortalecer o esporte no nosso estado”.

Os alunos competirão nas modalidades coletivas que são vôlei, futsal, handebol e basquete, masculino e feminino. Após as regionais, ocorrerá a etapa estadual dos JEP, que será realizada em Belém, no mês de agosto, com os vencedores de cada região, e da qual sairão os representantes do estado para as etapas nacionais dos Jogos Escolares da Juventude.

De acordo com Lúcio Hackenhaar, professor de Educação Física do NEL, na ocasião representando a coordenadora do Núcleo, Ana Glória Guerreiro, os jogos são responsáveis por grandes e profundas mudanças de vida. “O esporte é uma arma importantíssima contra a violência e a criminalidade, responsável por mudar a vida de muitas pessoas e contribuir para o desenvolvimento social. Os atletas terão a oportunidade, nesses dias de competições, de confraternizar e socializar com estudantes de outros municípios, exaltando a prática esportiva e de aprendizagem”.

Jogos Escolares da Juventude – Maior competição estudantil do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude reúnem jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país, em 14 modalidades. A competição foi criada pelo Comitê Olímpico do Brasil em 2005 e conta com o apoio do Ministério do Esporte e do Grupo Globo.

Atualmente, o evento contempla mais de dois milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, organizadas pelos estados e municípios, representando 40 mil escolas de 3.950 cidades brasileiras. A fase nacional, organizada pelo COB, reúne em cada faixa etária cerca de quatro mil atletas dos 26 estados da Federação mais o Distrito Federal, e este ano as duas categorias estarão reunidas na cidade de João Pessoa (PB). (Eliane Cardoso)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.