Área interno do atual campus da UFT
Área interno do atual campus da UFT

As obras do novo campus da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em Tocantinópolis, norte do estado, estão paradas. O recurso destinado foi de mais de R$ 7,8 milhões, mas os prédios ainda não foram concluídos. Enquanto isso, alunos e professores estudam em uma estrutura antiga e precária.

No prédio antigo tem sala de aula com parte do forro danificada. Além disso, a estrutura é pequena para a quantidade de alunos, segundo o professor João Batista de Jesus.

“Aqui é uma precariedade. Não existe um piso. Por exemplo, hoje choveu e ficou cheio de lama. As salas de aula são precárias porque a construção é dos anos 60. A gente está contando com um novo campus. Se entrar um novo curso, nós não temos mais condições de trabalhar”, afirma.

Novo campus com obras paradas
Novo campus com obras paradas

Os cerca de 900 alunos esperavam começar este ano no prédio novo e com uma melhor estrutura, mas as obras não foram concluídas.

O novo campus terá dois metros de área construída onde vai funcionar a nova biblioteca, salas de aula e laboratórios.

Em nota, o Ministério da Educação informou que em 2015 foram repassados à UFT mais de R$ 52 milhões e que este ano foram mais de R$ 22 milhões. O MEC disse também que quem decide onde aplicar o recurso é a própria universidade. (G1)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.