Diretor faz balanço de ações do primeiro semestre na DRE de Tocantinópolis
Diretor faz balanço de ações do primeiro semestre na DRE de Tocantinópolis

O ensino especializado foi um dos destaques das ações do primeiro semestre da Diretoria Regional de Educação (DRE) de Tocantinópolis.  Em toda a diretoria, são atendidos 227 alunos especiais nas salas de recursos multifuncionais. Assim é proporcionado o atendimento especializado de forma que atenda às necessidades dos alunos nas linguagens oral e escrita, coordenação motora, expressão corporal, artística, entre outros.

De acordo com o diretor Regional de Educação, Dorismar Carvalho, nos últimos meses foram abertas salas de recursos multifuncionais em todas as escolas-sede e promovidos encontros quinzenais com professores. “A intenção é que, de fato, procuremos alternativas para melhorar o ensino especializado e garantir a inclusão como fator determinante da promoção de um ensino de qualidade”, afirmou.

Um dos exemplos de avanço no ensino está no Colégio Dom Orione. Lá, os alunos realizaram, no primeiro semestre, atividades práticas relacionadas às temáticas: jogos e brincadeiras e meio ambiente. O objetivo dos trabalhos foi promover a aprendizagem por meio de atividades lúdicas e desenvolver atitudes de preservação do meio ambiente.

Para a gerente de Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Paola Bruno, a formação continuada dos professores é essencial para o sucesso das ações. “Temos profissionais capacitados para prestar atendimento em todas as diretorias de educação e isso se deve ao nosso investimento em formações. No segundo semestre, a secretaria [Seduc] dará continuidade aos projetos de formação, em parceria com o Ministério da Educação, e estamos com a previsão de abertura de mais cinco turmas de formação continuada”, disse.

 Trabalhos

Outras ações também foram avanços para a DRE de Tocantinópolis, como as mobilizações do comitê para a realização da Autoavaliação do Prêmio Gestão Escolar, da operacionalização do Programa Vamos Ler e do Dia “D” Contra o Aedes aegypti. Também podem ser destacadas a abertura do ano letivo de 2016, a Diretoria Itinerante de Formação Continuada, as reuniões formativas para as equipes gestoras, o monitoramento integrado das equipes intersetoriais da DRE e as visitas da diretoria nas escolas. (Thaís Ramalho)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.