O Tribunal de Contas do Estado julgou irregular a prestação de contas da ex-secretária municipal de Saúde de Araguatins, Maria de Fátima Gomes Matos, imputando a ex-gestora danos no valor de R$10.887,91 e multa no valor total de R$15.688,77, que são referentes as desconformidades encontradas na prestação de contas do Fundo Municipal de Saúde de Araguatins.

Entre as falhas, estão o fracionamento de despesa, ilegalidades em procedimentos licitatórios, ineficiência do controle interno, entre outras.  Renisom Madalena de Andrade e Cristiano Teixeira Lima, responsáveis pelo controle interno à época, receberam multa no valor de R$1.000,00.

A decisão cabe recurso, de acordo com os prazos estipulados no Regimento Interno do TCE.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.