IMG-20150702-WA0106

As Polícias Militar e Civil, ainda não localizaram os quatro bandidos que tentaram praticar o assalto na modalidade “sapatinho”, na manhã desta quinta-feira, 2, na agência do Banco do Brasil, em Augustinópolis. Mas o crime só foi evitado, graças a ação de um morador da cidade, que percebeu a chegada do funcionário ao banco, acompanhado de uma pessoas desconhecida e em atitude suspeita.

O morador então resolveu informar a Polícia Militar que se dirigiu até o banco. Ao perceber a movimentação do lado de fora, o bandido acabou fugindo e liberando o funcionário refém.

Os outros três bandidos que ficaram com a esposa e filhos do bancário, liberaram as vítimas às margens da rodovia TO-201, a cerca de 15 quilômetros de Augustinópolis.

Como foi

Os quatro homens armados invadiram, na madrugada, a casa do funcionário do Banco do Brasil e mantiveram a família do bancário refém por pelo menos quatro horas. Os homens pularam o muro e arrebentaram uma porta para invadir a residência, por volta das 3h. No interior da casa, anunciaram o assalto e mantiveram reféns a família.

Por volta das 7h, três assaltantes teriam levado a esposa e os filhos do funcionário como garantia enquanto o quarto criminoso o acompanhava até a agência para que sacasse o dinheiro do cofre da agência e o entregasse.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.