goianesiaMoradores do bairro São Luiz, em Goianésia do Pará, sudeste do estado, denunciam o abandono de uma obra que serviria para tratar e distribuir água. Segundo eles, o local está esquecido pelo poder público há mais de cinco anos. De acordo com a prefeitura da cidade, não existe dinheiro para continuar o projeto, mas a secretaria de administração diz que o prefeito está cobrando providências para o caso. A Funasa, responsável pela obra, não se posicionou sobre o assunto.

“Nunca apareceu água aqui e muito menos encanada”, reclama a aposentada Iraci Cabrália.

As conexões que servem para interligar a água e distribuir para as residências estão espalhadas por todo o local e a área destruída pela ação do tempo.

O presidente da associação dos moradores, Adenias Lima Santa, cobra providências para que a obra seja retomada. ”O maior passo o governo federal já deu, que foi liberar a verba, mas ninguém sabe como o recurso é distribuído. Queremos que o gestor tome providências”, pede.

Além do desperdício de materiais e a falta de abastecimento de água, o local também oferece perigo para a população, pois um buraco aberto na área contribui para a proliferação de doenças.

”Já peguei dengue, muitas crianças e adultos também já pegaram” , diz a dona de casa Ediana Alves.

“Os moradores têm razão de reclamar, pois quando a atual gestão assumiu o novo mandando, a obra já estava sendo feita por um convênio entre a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e o município de Goianésia do Pará.

“O prefeito já está cobrando providências para a situação”, explica o secretário de administração do município, José Carlos Ribeiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.