Adonias à esquerda; Paulo Ricardo à direita
Adonias à esquerda; Paulo Ricardo à direita

Na noite deste domingo, 5, dois músicos do grupo Adonias e Companhia foram presos pela Polícia Militar sob a acusação de Desacato a Funcionário Público, crime previsto no artigo 331 do Código Penal. Os militares trabalhavam na Praia da Amizade, município de Sampaio, organizando o embarque dos banhistas para atravessarem o rio até o cais do porto, quando Paulo Ricardo Costa Pereira, de 21 anos, chamou um dos policiais de “pau no cu”. Diante disto, ele recebeu voz de prisão, porém seu amigo, identificado como Adonias Rodrigues Veras, de 32 anos tentou impedir a ação policial, alegando que os militares eram pagos para prender vagabundos e não cidadão de bem.

Adonias e Paulo, apresentavam sinais de embriaguez alcoólica e se mostravam bastante agressivos e arrogantes, desenhando do trabalho dos PM’s. Quando Paulo já estava pronto para ser conduzido, Adonias interviu novamente e desacatou a guarnição com a seguinte frase: “me prende também seu porra”. Diante do desacato, ele também recebeu voz de prisão. Ambos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Augustinópolis, onde foram ouvidos em um Termo Circunstanciado de Ocorrência e liberados em seguida. Segundo a Polícia, Adonias manteve um comportamento arrogante e irônico durante todo o procedimento. (Patrulha na Net)

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.