_DSC0649

Nos dias 03, 04 e 05 de julho, o senador Donizeti Nogueira esteve percorrendo municípios da região do Bico do Papagaio: Augustinópolis, Buriti do Tocantins, Esperantina, São Sebastião, Sampaio, Sitio Novo, Axixá e Itaguatins, para conversar com prefeitos, vereadores, militantes do Partido dos Trabalhadores e a população.

Na ocasião, o senador disse acreditar que em poucos anos a região do Bico do Papagaio irá se transformar em um forte polo de desenvolvimento econômico, puxado pelo fortalecimento da agricultura familiar, através da assistência técnica, da agroindustrialização e da implantação do ecoporto em Praia Norte. Além disso, Donizeti destacou que o Governo Federal está empenhado, buscando resolver os gargalos que atrapalham o desenvolvimento.

O senador afirmou que é preciso superar o problema das estradas e que buscará recursos junto ao Governo Federal, estadual e junto aos municípios para solucionar essa problemática, relatando que estradas em bom estado são fundamentais para o escoamento da produção dos municípios.

Outro assunto debatido foi o projeto do Matopiba, que reúne uma situação territorial com o compromisso da sustentabilidade e os três eixos estratégicos: Infraestrutura, Inovação e Tecnologia e Ampliação da Classe Média no Campo.

O senador abordou também as seguintes temáticas: Reforma política, trajetória política do Brasil e os projetos do Governo Federal: Mais Médicos e o Mais Especialidades, que vai ser lançado esse ano. Ele debateu ainda sobre a crise dizendo “não podemos entrar nessa onda de pessimismo, depois da crise viveremos um ciclo de desenvolvimento não sustentado pelo consumo, mas sim na qualificação e aumento da produção”.

Contrapondo a ideia de crise, a moradora, Dona Nega, durante reunião no município de Augustinópolis, relatou que o Brasil melhorou muito e que hoje vivemos com muito mais dignidade.

Durante visitas foi unânime o reconhecimento da importância desse debate nos municípios.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.