Quem busca formação de nível técnico no setor agropecuário, mas não pode frequentar aulas presenciais em uma escola regular, tem agora nova chance de conquistar a meta. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) abriu nessa segunda-feira, 04/07, inscrições para a seleção do seu Curso Técnico em Agronegócio, na modalidade semipresencial e inteiramente gratuito. Para se inscrever, o único requisito é ter o Ensino Médio completo.

Para o Tocantins estão sendo oferecidas 40 vagas, sendo 20 para o polo de Palmas e 20 para o polo de Araguatins.Com duração de dois anos, o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR é realizado em parceria com o Ministério da Educação (MEC), por meio da Rede e-Tec Brasil, inserida no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC). Desde que foi lançado, há menos de dois anos, o curso tem uma aprovação crescente, com processos seletivos cada vez mais concorridos. O último deles, realizado no início do ano, alcançou mais de 14 mil inscritos, com seis candidatos disputando cada vaga.

Desta vez, são oferecidas 1.500 vagas distribuídas em 40 polos pelos estados do Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Tocantins. Pela primeira vez participam Mato Grosso e Pernambuco, inaugurando novos polos da rede. O edital da seleção está disponível no portal http://etec.senar.org.br/, onde também são feitas as inscrições.

Concebido com foco na população rural, o curso tem como forte diferencial o fato de aliar a teoria à prática. Embora 80 por cento das aulas sejam a distância, a grade inclui também aulas presenciais e visitas técnicas, onde os alunos acompanham de perto o dia a dia em propriedades rurais e agroindústrias.

A seleção para o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR é feita por meio de provas de Matemática, Português e uma Redação. São provas individuais, aplicadas no polo onde o candidato pretende uma vaga. O polo deve ser indicado no ato da inscrição e só pode ser alterado até 48 horas antes do exame. No ato da inscrição também deve ser agendado o dia e horário das provas, que começam no próximo dia 8 e vão até o dia 29.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.