Vítimas tiveram queimaduras de segundo e terceiro grau
Vítimas tiveram queimaduras de segundo e terceiro grau

Seis pessoas foram vítimas de um ataque brutal na noite dessa terça-feira (19), no povoado Tiquaras, zona rural de Pirapemas (MA), município localizado a 180 km de São Luís. Após um assalto frustrado, por volta de 19h30, criminosos atearam fogo à residência da família e fugiram.

Do total de vítimas, duas eram mulheres e quatro homens. Grande parte das vítimas tiveram queimaduras de segundo e terceiro graus, com até 95% do corpo queimados. A secretária de Saúde do município, Gorete Martins, confirmou os nomes das vítimas:

– Raimundo da Conceição Frazão, de 55 anos, proprietário da residência que se encontra em estado mais grave;
– Maria Francinete da Silva Frazão, de 47, esposa de Raimundo;
– Aguinaldo da Silva Conceição, 32, vizinho de Raimundo e Maria Francinete;
– Rosilene da Silva Santos, 41, esposa de Aguinaldo e vizinha de Raimundo e Maria Francinete;
– Rivelino Marques de Araújo, 39, vizinho de Raimundo e Maria Francinete;
– Celso Silva da Costa, 35, vizinho de Raimundo e Maria Francinete

Inicialmente eles foram atendidos no Hospital Municipal Gertrudes Melo, transferidos para Hospital Geral de Matões do Norte (MA) e, ainda pela noite, encaminhados para o Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II), em São Luís.

Para incendiar o local, os criminosos usaram combustível encontrado na própria residência. Como o local é de difícil acesso, Raimundo Frazão e Maria Francinete Frazão armazenam e revendem para vizinhos.

Dois dos quatro suspeitos pelo crime foram presos
Dois dos quatro suspeitos pelo crime foram presos

Os criminosos, ainda segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, trancaram as vítimas em um depósito e atearam fogo. Um dos galões de combustível chegou a explodir, atingindo um dos suspeitos.

Prisões e buscas

Na manhã, dois dos quatro suspeitos pelo crime foram presos pela Polícia Militar do Maranhão (PM-MA).

Eles foram identificados como Antônio da Silva Cruz, de 27 anos, morador de Pirapemas; e Adriano Rocha Nunes, de 23, morador de Santa Rita (MA). Uma motocicleta também foi apreendida.

A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) pediu reforços de Itapecuru Mirim (MA) para evitar invasões à delegacia onde estão os suspeitos do crime bárbado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.