1467467119-908039741

A 48ª Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp) foi aberta oficialmente neste sábado (2), com a 25ª edição da cavalgada que reuniu aproximadamente cinco mil cavaleiros, amazonas e carroceiros, além das pessoas que assistiram ao desfile das calçadas, totalizando aproximadamente 20 mil pessoas, segundo a organização.

O evento foi marcado por muita tranquilidade. Pessoas de todos os lugares vieram para participar do desfile. “Todos os anos eu venho participar. É um evento lindo”, disse o vaqueiro Tarcinho Neiva, que veio de Montes Altos prestigiar o evento.

Para chamar a atenção, o vaqueiro participou do desfile montado num boi da raça Tabapuã, de 400 km, e fez peripécia: é que a maior parte do percurso, Tarcinho ficou em pé, em cima do animal. Questionado, ele disse: “é para chamar a atenção das meninas (risos)”.

Para garantir a segurança do evento, foi montado um forte esquema de segurança, que contou com uma fiscalização rígida, feita pelo pessoal do Sindicato Rural de Imperatriz (Sinrural), da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Montada, Secretária de Trânsito e 50 BIS, todos envolvidos na segurança e organização da cavalgada.

Aliás, proporcionar segurança e organização não só durante a cavalgada, mas, também, durante os nove dias de feira, é uma das metas do Sinrural. “A gente tem procurado ao longo dos anos melhorar a festa, principalmente, no quesito segurança, não só para os cavaleiros, mas, também, para os animais”, ressaltou o presidente Renato Pereira.

Como em anos anteriores, os cavaleiros e amazonas saíram da Praça da Cultura, e de lá seguiram o trajeto passando pela rua Coronel Manoel Bandeira, Luís Domingues, rua Amazonas e avenida Getúlio Vargas até chegar ao Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva. Este ano, as tendas foram montadas dentro do Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva, onde a feste segue pela noite. (iMirante)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.