"A realização de concurso é uma medida voltada à melhoria da qualidade da segurança pública no Pará e à valorização dos policiais militares”, destaca Alice Viana.
“A realização de concurso é uma medida voltada à melhoria da qualidade da segurança pública no Pará e à valorização dos policiais militares”, destaca Alice Viana.

O efetivo da segurança pública no Pará ganhará o reforço de mais de três mil novos profissionais com a realização do concurso da Polícia Civil, cujo edital, que está em fase final de análise jurídica pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), será lançado no próximo dia 12 de julho. Por meio do certame serão ofertadas 650 vagas, sendo 150 para delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista.

Segundo a secretária de Estado de Administração, Alice Viana, os aprovados como investigador, escrivão e papiloscopista terão salário inicial de R$ 4.896,00; já para delegado o salário inicial é de R$ 11.250,00. A Fundação Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) foi a empresa definida por licitação para organizar o concurso.

As provas serão aplicadas em quatro municípios: Belém, Santarém, Marabá e Altamira. A primeira etapa das provas para investigador, escrivão e papiloscopista está prevista para o dia 28 de agosto. Já a prova para delegado deve ser realizada em 4 de setembro. O último concurso da Polícia Civil foi realizado em 2013, com 670 vagas ofertadas e 23.674 inscritos.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.