dr armando

A juíza substituta da 1ª Escrivania Cívil de Augustinópolis, Nely Alves da Cruz, em decisão proferida na noite desta terça-feira, 19, determinou que o Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, imediatamente, exclua o nome do ex-prefeito, Armando Alencar da Silva, o Dr. Armando (PP) da Lista de Gestores com Contas Julgadas Irregulares.

Na decisão consta ainda a determinação da imediata suspensão dos efeitos dos Acórdãos nº 287/2009, 321/2012 e 157/2010 TCE – Plenário e exclusão do nome do Autor dos cadastros de inadimplência e lista de inelegíveis, em decorrência dos acórdãos mencionados.

Na decisão, a Justiça entendeu que, para requisito necessário à concessão da medida de urgência é o perigo da demora, isso se justifica, porque caso a pretensão seja concedida, só no provimento definitivo desta ação, a utilidade prática do processo, estará em risco, com perigo de danos irreparáveis ao requerente, uma vez que esse se declarou pré-candidato às eleições municipais do corrente ano, à eleição majoritária no município de Esperantina, com os procedimentos inerentes já em andamento.

Com a decisão, Dr. Armando, pré-candidato a prefeito fica apto a disputar as Eleições Municipais.

Clique AQUI  e leia a decisão.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.