O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (Sinpol-TO) entrou com uma ação de obrigação de fazer com pedido liminar do bloqueio de bens contra o governo do Estado. O objeto do sindicato é que a gestão pague os policiais civis.

Conforme o Sinpol, eles pedem o bloqueio de 60% de todas as receitas do Estado, pelo tempo que for necessário, para garantir o pagamento da correção anual dos salários. Ainda segundo o sindicato, o valor total a ser pago é de mais de R$ 5 milhões.

O processo foi protocolado na 2ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Palmas e aguarda decisão judicial.

Greve

O Sinpol-To é parte do Movimento de União dos Servidores Públicos Civis e Militares do Estado do Tocantins (MUSME-TO), que em assembleia, decidiu entrar em greve no início de agosto, caso o governo não pague o data-base. (Jornal do Tocantins)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.