55ec58be-9092-4d3d-9943-4029d31d65b2

Um homem suspeito de fraudar mais de R$ 500 mil em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi preso nesta terça-feira (12) em Parauapebas, no sudeste do Pará, durante as ações da operação “Sísifo”, realizada pela Polícia Federal (PF) para combater fraudes na Previdência.

Além do mandado de prisão preventiva contra o suspeito, a operação cumpre ainda nesta terça dois mandados de busca e apreensão e uma condução coercitiva, todos na cidade de Parauapebas. Segundo a PF, o suspeito detido foi identificado como um dos maiores agenciadores de benefícios fraudulentos do Pará, de acordo com a Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Pesquisas (APEGR) da Previdência Social.

As insvestigações da PF apuraram que o esquema consistia em gerar falsas certidões de atividade rural e documentos comprobatórios para garantir aposentadorias e benefícios indevidos. O despachante detido nesta terça chegava a induzir clientes a acionarem a Justiça para obter os benefícios, mesmo depois de serem negados pela Previdencia.

Ainda segundo a PF, o suspeito já havia sido indiciado pelos mesmos crimes e atua de maneira irregular há mais de seis anos. Ele vai responder pelos crimes de estelionato qualificado, uso de documento falso e falsificação de documentos.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.