fiscalizacao_salva_tartarugas_e_apreende_equipamentos_de_pesca_predatoria_no_cantao_foto_adailton_gloria-gov_tocantins_2_SKF4SCm

Oito tartarugas da amazônia foram resgatadas de pescadores por fiscais do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) no Parque Estadual do Cantão (PEC), em Caseara, durante uma fiscalização. Em Formoso do Araguaia, um boto encalhado no rio Formoso foi resgatado e devolvido às águas.

Conforme o Naturatins, as tartarugas estavam com pescadores, que foram multados em R$ 40 mil. Isso porque a multa por cada animal é de R$ 5 mil. Os animais foram soltos no rio Araguaia. Também foram recolhidos motores, boias e linhas de pesca, além de 160 metros de redes.

“O parque possui limites com outros estados onde é costume a prática de pesca de quelônios para alimentação. Daí a importância da fiscalização contínua e acirrada na extensão da unidade”, relatou o supervisor do PEC, Adailton Glória.

Boto

Em Lagoa da Confusão, um boto do Araguaia de aproximadamente 2,8 metros foi encontrado encalhado no rio Formoso. O animal foi salvo por técnicos do Naturatins e produtores rurais da região. Após a captura, ele recebeu atendimento veterinário e foi solto no rio Javaés, a cerca de 10 quilômetros.

parceria_entre_naturatins_e_fazendeiros_salva_boto_em_lagoa_da_confusao_foto_evandro_rodrigues-gov_tocantins_2

Ainda conforme o instituto foi verificada uma queda no volume de água do rio Formoso, característico da época de seca. Por causa disso teve início uma ação preventiva, para procurar peixes de grande porte que pudessem estar correndo o risco de ficarem presos em piscinas naturais ou encalhados.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.