O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quarta-feira, 20, os limites de gastos de campanha que poderão ser feitos por candidatos a prefeito e a vereador nas eleições deste ano. A informação foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico.

Para o cargo de prefeito, o município do Bico do Papagaio que tem o maior limite de gasto de campanha é Augustinópolis. Segundo o TSE, os candidatos a prefeito de Augustinópolis poderão gastar R$ 629.961,92. Em segundo lugar vem Araguatins onde os candidatos poderão gastar R$ 357.033,71 e em terceiro São Bento do Tocantins com R$ 207.654,06. Em 21 dos 26 municípios da região os gastos estão limitados a até R$ 108 mil.

Os candidatos a vereador também precisam ficar atentos ao teto do valor que poderá ser usado. Para os que concorrem a esse cargo, o maior limite está previsto para São Miguel do Tocantins, previsto em R$ 29.850,24, seguido de Aguiarnópolis com R$ 20.362,75 e Xambioá com R$ 19.754,27.

As regras para os limites de gastos estão previstas na Lei das Eleições. Na tabela publicada nesta quarta-feira estão os valores atualizados, que levam em conta a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Veja tabela:

 

TABELA GASTOS ELEITORAIS 2016

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.