Sem títuloAs apostilas contendo material didático pedagógico dos cursos técnicos profissionalizantes e dos cursos de Formação Inicial Continuada (FIC), oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), ofertado pela Agência Tocantinense de Ciência, Tecnologia e Inovação (Agetec), tiveram a distribuição iniciada para rede estadual de ensino e instituições parceiras no Estado.

Ao todo, 22 municípios no Tocantins, sendo dois do Bico do Papagaio receberam esses materiais que já começam a ser repassados para os alunos. Os municípios contemplados na região são Tocantinópolis e Itaguatins.

Segundo a gerente de Educação Profissional da Agetec, Iara Núbia Felix de Sousa, o Pronatec  beneficia, com acesso aos cursos técnicos e de Formação Inicial e Continuada (FIC), cerca de 1,5 mil alunos no Tocantins. “Os cursos possuem uma carga horária de 800 a 1.200 horas/aula da rede estadual, matriculados regularmente no ensino médio”, destacou, ressaltando que os cursos oferecidos no Tocantins atendem às demandas e às necessidades dos municípios.

Os cursos ofertados pelo Pronatec abrangem diversos eixos tecnológicos profissionalizantes de norte a sul do Tocantins, dentre eles: Técnico em Agroecologia, Técnico em Agente Comunitário de Saúde, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Informática, Técnico em Secretariado e Técnico em Administração.

Ainda de acordo com a gerente de Educação Profissional, a Agetec já pactuou junto ao Ministério da Educação e Cultura (MEC), a inserção de seis mil  vagas em cursos FIC  para todo Estado este ano.  A agência está aguardando a aprovação do MEC para que os novos cursos sejam ofertados no segundo semestre.

Pronatec

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) visa ampliar e incentivar o acesso do cidadão ao ensino técnico e sua inserção ao mercado de trabalho, por meio da ampliação das oportunidades educacionais e qualificação profissional de estudantes e trabalhadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: folhadobico@hotmail.com que iremos analisar.