balsas maranhãoOs casos de violência doméstica são registrados com frequência em Balsas, mas na maioria das vezes a denuncia é feita por vizinhos das vítimas. Apesar de já funcionar a Delegacia Especializada da Mulher, ainda são muitos os casos de violência doméstica que não são registrados na delegacia.

Um levantamento realizado pela a Secretaria de Políticas para as Mulheres revela que 77 por cento das vítimas em situação de violência sofrem agressões semanal ou diariamente.

De acordo com a Polícia, o histórico inicia sempre com pequenas agressões e pode evoluir até para um homicídio, como foi o caso da professora Márcia Queiroz que foi espancada até a morte pelo o companheiro a menos de 30 dias no município.

O delegado Regional de Balsas, Diego Schiavinni, afirma que as mulheres que são vítimas de violência doméstica precisam denunciar os seus agressores. “A orientação que a Polícia dar é que procure a autoridade policial. Procurem, relatem as suas agressões para que esses infratores eles sejam punidos porque de uma pequena agressão pode acabar ocasionando uma agressão que pode não ter mais volta”, finalizou.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.