bota2

A Polícia Civil prendeu em Marabá, no sudeste paraense, um homem de 31 anos suspeito de participar de roubo a banco na cidade de Santana do Araguaia, no sul do Pará. O suspeito foi preso na última sexta-feira (14) em cumprimento a mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça.

Segundo a polícia, 20 munições de calibre 28, além de coturnos militares, cordas, lanternas e uma peteca de pó de cocaína foram encontrados na casa do suspeito. Em outra casa apontada por ele no bairro da Nova Marabá, os policiais apreenderam uma pistola calibre 380, 11 munições calibre 9 milímetros, 330 projéteis de chumbo, 11 bananas de dinamite, cordões de detonadores e 11 espoletas de dinamite.

ResizeDe acordo com a delegada Simone Felinto, de Marabá, o suspeito estava na rua quando foi abordado pelos policiais e ainda tentou fugir, mas foi detido. Pesava sobre ele um mandado de prisão decretado pela Comarca de Santana do Araguaia, município por onde responde por extorsão mediante sequestro e associação criminosa, entre outros crimes.

O homem foi identificado como um dos assaltantes envolvidos no roubo a uma agência bancária em Santana do Araguaia, em julho deste ano. Na ocasião, um grupo manteve a família do gerente como refém para forçá-lo a liberar dinheiro do banco; crime conhecido como “saidinha”.  Com a prisão do suspeito, sobe para seis o número de presos envolvidos na ação criminosa.

O suspeito está preso na Superintendência Regional de Marabá, onde foi autuado em flagrante pela posse ilegal de arma de fogo e de munição, posse de munição de calibre restrito, resistência policial. Ele deverá permanecer preso em Marabá à disposição da Justiça de Santana do Araguaia.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.