A Maioria das faixas de pedestres do município de Marabá, no sudeste do Pará, está apagada e causa perigo para as pessoas que precisam atravessar as ruas da cidade. Além disso, a distância entre elas acaba confundindo os pedestres e motoristas. “Uma faixa atrás da outra complica muito mais”, reclama um motorista.

Segundo o secretário de segurança de Marabá, Jorge Almeida Sead, dentro de 40 dias, as faixas serão refeitas. “A gente entende que o tempo, a locação de pessoas e a locomoção de veículos obrigaram alguns pontos a usarem as faixas e outros não. Então, nós vamos finalizar esse estudo para concluir e dizer se vale e qual realmente vai ser utilizada”, explica.

De janeiro a julho deste ano, foram registrados 166 acidentes e 36 mortes. Já em 2014, foram 212 acidentes e 38 mortes. “As faixas estão apagadas e , quem não sabe, acaba sendo atropelado”, diz o aposentado Ary Paiva. “Deveria ter um guarda para nos orientar ou então parar os carros para a gente passar”, opina a dona de casa Adriane de Castro.

COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.